quarta-feira, junho 11, 2008

Reencontro

Neste último fim-de-semana fui passear a Lisboa com os meus amores, uns mais pequenos, outros maiores. Tive a sorte de ser acompanhado por um casal de cunhados que mostrou ser extremoso e de uma grande hospitalidade. Vive algures no bairro da Graça, perto do Castelo de S. Jorge.
Entre os muitos lugares de encanto que me enriqueceram a memória devo realçar o bairro da Alfama, da velha Lisboa, das vielas estreitas e do fado. Nestes dias, Alfama, andava mais formosa que nunca, engalanada para a festa dos santos e das marchas populares que hão-de vir.
Os bons momentos são simples. Num dos típicos restaurantes desse afamado bairro, comi umas magníficas sardinhas assadas na brasa, como há muito não comia, enquanto a noite, morna e arejada, caía devagar.
É neste clima, neste universo, que me reencontro, que me esqueço de tudo, do país, do mundo e até de mim mesmo. Nada mais conta, a não ser os olhares, os odores, os sabores e os amores.

foto

2 comentários:

Pedro Pinto disse...

Estarás tu, por acaso, a fazer-te a mais uma mini?! Da próxima vez, traz uma babysitter para podermos ir para o Bairro Alto!

Inês disse...

Ainda bem que gostaste!
Quando quiserem é só voltar.
:)