quinta-feira, janeiro 17, 2008

A sério

Ando a ficar fã do Nuno Markl!
Não lhe ligava muito até que a minha adorável esposa começou a dizer que era o Há vida em Markl que a punha logo bem disposta, pela manhã, bem cedo, a caminho do trabalho. Tinha de o verificar.

Naltura, dele, só me lembrava d'O Homem que Mordeu o Cão, um programa de televisão, na SICR, onde aparecia sempre à frente de um contentor do lixo a falar de forma interminável, nem eu sei bem de quê, que aquilo pouca atenção me despertava. Normalmente, zap.

Comecei, então, a ouvir o Há vida em Markl, programa da rádio, Antena 3 - ouvir aqui - e comecei a achar que o homem, no seu estilo muito próprio, é mesmo dos meus artistas favoritos, enquanto humorista, escritor, locutor, culto, criativo e inteligente. Barrigadas de riso. A sério.

Mas há mais. Ainda na rádio Antena 3, os não menos espantosos Laboratolarilolela e O livro dos Porquês. No cinema, no famoso Bee Movie, versão portuguesa, Markl é a voz da abelha, precisamente. No pequeno ecrã, surgiu como juri na OT, o que lhe deu visibilidade, nomeadamente, às suas inseparáveis t-shirts. A final da OT é este Sábado e, diz ele, estão criadas as condições para uma grande desgraça.

Já agora, aproveito e anuncio que a partir do próximo dia 25, na RTP, vai começar uma rubrica do Nuno Markl num talk show do Malato que se vai chamar: Não, agora a sério. Promete!!

PS: sabiam que no famoso jogo infantil da "apanhada", o local que serve de refúgio chama-se "coito"? Pois é, têm que ouvir o último episódio.

2 comentários:

rui guerra disse...

é impressão minha ou isto ficou muito vermelho?

rb disse...

Sim, está demasiado, mas isso nada tem a ver com o Nuno Markl.