quinta-feira, setembro 20, 2007

Regra de três simples

O Zequinha apanhou 3 jogos de suspensão da UEFA e 1 ano da FPF, por aquela graça de tirar o cartão ao árbitro.
O Scolari apanhou 4 jogos de suspensão da UEFA, pelo seu célebre murro, logo ...

5 comentários:

rui guerra disse...

não sejas casmurro... foi uma resposta a uma agressão e a vários insultos.
esta é a versão oficial da própria UEFA!

rb disse...

Não sou só eu que aponto esta contradição, se tu achas que quem não pensa como tu é casmurro, não sou eu que te vou convencer do contrário.
Os supostos insultos e agressão são, quando muito, circunstâncias atenuantes, que não ilibam, porém, a gravidade e a vergonha que o acto encerra. Dizer que foi uma resposta a uma agressão é risível. Claro que cada um vê aquilo que quer e eu ainda gostava de saber o que isto não seria se fosse com um treinador português.
Como podes ver a UEFA teve um critério disciplinar mais pesado em relação ao Scolari do que ao Zequinha, enquanto que a FPF usou dois pesos e duas medidas.
Num país decente, Scolari e Madaíl deviam demitir-se, independentemente do que isso pudesse influir nos resultados da selecção.
Podia ser que com esse exemplo conseguíssemos evitar mais vergonhas destas no futuro. Assim, o caminho está aberto para mais cenas lamentáveis.
Mas, são coisas do futebol, não é?
Quanto a ti, Guerra, já pouco te falta para aplaudires o gesto e dizeres que só foi pena não ter acertado no sérvio.

rui guerra disse...

ó ricardo, vai com calma!
não defendo a violência nos desportos não violentos. como me conheces, já devias saber isso.
desde o primeiro comentário defendi que Scolari tinha errado. Considerei que do erro devia partir uma suspensão.
não alinhei nos comentários do seu despedimento e se a FPF devia suspender desde logo, porque sei que desportivamente e nesta fase da qualificação é importante manter o seleccionador. Embora reconheça que o homem tem feito asneiras e que os jogos de Portugal são pobrezinhos.

Apenas, considerei que voltares ao assunto era casmurrice da tua parte. Se achas que não, tudo bem. Agora cada um pensa como quer e lhe apetece.
Se pensares diferente de mim, tanto melhor. "Da discussão nasce a luz" - é assim, não é?

rb disse...

É, mas chamar-me de casmurro, não é propriamente uma maneira de debater o assunto com vista à desejada "luz".
Voltar ao assunto justifica-se tendo em conta o facto novo do castugo da UEFA.
Recomendo a crónica de Bruno Prata, no jornal Público, de hoje, sobre este assunto, que subscrevo.

rui guerra disse...

ui, o Prata!!! Apesar de ter estado no casamento do meu irmão, não posso com ele - esse "cão de fila" do PC!
vou tentar ler, não prometo!