domingo, novembro 12, 2006

São Martinho: faltou a castanha ...

7 comentários:

AM disse...

Furadouro ou Torreira?

AM

ricardo batista disse...

Furadouro ;). No Sábado estava um dia como a maioria das vezes não se vê em Agosto. Sem ponta de vento, sol qb e o mar sereno.

PS: a sapateira não fui eu que pesquei :)

AM disse...

Eu bem sei, que também conheço o restaurante onde elas se pescam...

:-)

AM

optimista compulsiva disse...

Esta sapateira faz-me lembrar qualquer coisa especial...
Não há dúvida de que,como diz um velho provérbio chinês, " Faz mais quem usa bem o pouco que tem, do que quem tem muito"!!!
Beijinhos

ricardo batista disse...

Minha Caríssima Optimista Compulsiva,

Que maravilha e que honra é receber-te aqui neste escaninho.
A sapateira foi realmente especial, e por tudo!
Concordo com esse provérbio chinês, mas, parece-me que lhe falta qualquer coisa. Não seria qualquer coisa do género: Faz mais quem usa bem o pouco que tem, do que quem tem muito, e não o sabe usar".
Porque o que interessa é usar bem o que se tem, seja muito ou pouco, ou não?

Muitos beijinhos e aparece!

optimista compulsiva disse...

L i há tempos que o que distingue um novo de um velho (referindo-se a pessoas ,evidentemente)é que o velho está sempre a fazer coisas pela última vez , enquanto que o novo está sempre a fazer coisas pela primeira vez.
Tiveste o mérito de me motivar para "post a comment" pela primeira vez!!
Mais beijinhos por isso

ricardo batista disse...

Não subscervo esse dito - não deve ser chinês. Não existe um tempo adequado para primeiras vezes e "velhos são os trapos".
E atenção, que depois da primeira vez ...